Jornal Praticidade - Notícias em Taboão da Serra e Região

Taboão da Serra e seu grande momento politico de Pão e circo, 07 de setembro 2017

Taboão da Serra e seu grande momento politico de Pão e circo, nosso 07 de setembro simbolicamente imitou o modo com o qual os líderes romanos lidavam com a população em geral, para mantê-la fiel à ordem estabelecida e conquistar o seu apoio. Em  comparação com o cenário que vemos hoje na política  de Taboão da Serra, principalmente no comportamento populista de uns e outros que ainda estão no poder estressados com a possibilidade real , o que certamente deverá acontecer, ou seja: não serem reeleitos. Provavelmente vários não serão, senão todos.

O Taboanense vive atualmente  sem qualquer interesse em assuntos políticos, e só se preocupava com o alimento e o divertimento. Assim, nos tempos de crise, em especial no tempo do Império, governo atual acalma o povo com  o desfile de 7 setembro na  arena multiuso.

No desfile de 7 de setembro de 2017 com o povo encurralados na arena reverenciou – se a demagogia politica. Aos entreguistas e dissimulados, desejo que assistam ao filme da Lava Jato no cinema, comendo pipoca e acreditando que o povo não está vendo  o que acontece nesse imenso Brasil.

Em um país semi-analfabeto e miserável essa política tão antiga do “pão e circo” ainda é a melhor opção.
A maior parte da população vive miséria e na dependência dos favores políticos dos coronéis que reinam no trono da prefeitura, Infelizmente Bertolt Brecht tem razão sobre o analfabeto político. Nosso povo é um analfabeto geral e, principalmente analfabeto político!

Analfabeto político

O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio depende das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que da sua ignorância política nasce à prostituta, o menor abandonado e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista, pilantra, o corrupto e lacaio dos exploradores do povo. (Bertolt Brecht).

A prova do mando e desmando na nossa região publicado no site Verbo Online , matéria em que relata que houve uma “ordem” da deputada estadual Analice Fernandes para que a imprensa não ficasse em frente ao palco durante o desfile de 7 de setembro. Na matéria, alguns jornalistas afirma que apenas assessores da deputada e da prefeitura tiveram livre circulação para que registrassem o evento. Replicada no site Taboão Digital

LEIA A MATÉRIA DO VERBO ONLINE:

Sentada ao lado de Fernando Fernandes (PSDB) durante o desfile de 7 de Setembro, nesta quinta-feira, a deputada estadual Analice Fernandes (PSDB), mulher do prefeito, proibiu os jornalistas que registravam a apresentação dos alunos de ficarem diante do palco, inclusive com aviso de que seriam retirados se não atendessem a ordem, e irritou os profissionais de imprensa. Os repórteres trabalhavam sob sol forte, já Analice desfrutava de sombra da cobertura.

De acordo com relato dos repórteres, no início do desfile, Analice ordenou que os membros da imprensa não ficassem na frente do palco, “que a gente não atrapalhasse, ficasse mais do lado”, comentou um jornalista. A determinação, repassada pela Secretaria de Comunicação, foi acompanhada de uma advertência: em caso de insistência, a Guarda Municipal seria chamada para retirar os jornalistas. Uma TV Web também não teve permissão para transmitir ao vivo.

Prejudicados com a proibição, jornalistas fizeram fotos do desfile a distância e nem se aproximaram quando Analice, além do prefeito e vereadores, posou ao lado das crianças em meio à passagem pelo percurso – apenas assessores dos políticos se posicionaram para os registros, inclusive diante do palco, sem serem importunados. Parte dos profissionais de imprensa se retirou da área da apresentação dos alunos bem antes do término e permaneceu afastado do local.

Com o episódio, a maioria dos veículos não participou da entrevista do prefeito, como sempre faz após cada atividade pública de Fernando. O VERBO não soube da proibição de Analice durante o desfile e acompanhou a fala do prefeito. Sem fazer juízo da posição dos outros órgãos de imprensa, por princípio editorial, mesmo se tivesse tomado conhecimento, este site teria participado da coletiva e noticiado o ocorrido, como faz agora.

Após décadas no Pirajuçara, o tradicional desfile de 7 de Setembro em Taboão da Serra aconteceu pela primeira vez na Arena Multiuso, no Jardim Record. Durante a apresentação, o cerimonial repetia que o espaço foi construído com recurso estadual conseguido com participação de Analice. Neste ano, ela foi eleita vice-presidente da Assembleia Legislativa, até 2019. O VERBO não conseguiu contato com Analice para comentar a proibição à imprensa no desfile.

A ordem da deputada gerou grande insatisfação entre os integrantes dos veículos de comunicação. “Ontem eles não trataram a imprensa muito bem”, ironizou um jornalista. Um outro jornalista não gostou da proibição. “‘Duzentos’ assessores da Analice tirando foto [em frente ao palco], e eu não vou tirar? É ruim, hein?”, disse. Um terceiro repórter reprovou a postura da deputada. “Desde quando a Analice manda na imprensa, no ir e vir da imprensa?”, criticou.

PARA FERNANDO FERNANDES, DESFILE FOI UM SUCESSO

O prefeito Fernando Fernandes (PSDB), que assistiu ao desfile – de duas horas – em um palco protegido do sol, ao lado da mulher, a deputada estadual Analice Fernandes (PSDB), e vereadores, avaliou que o evento, na arena, foi positivo. “A gente quis trazer o desfile para cá, até porque fez a arena justamente para tirar os eventos da rua. E tinha a expectativa sobre se o povo ia vir à arena. Mas veio. A logística aqui é muito melhor. Foi um sucesso, estou muito satisfeito”, disse.

Fernando minimizou a crítica da única entrada do novo local. “Taboão hoje é o maior adensamento do Brasil. Não é um título para se honrar, é para se preocupar, então, o evento na rua acaba trazendo um grande problema de mobilidade urbana, transtorno do trânsito, da limpeza, não é algo fácil. [A arena] Tira esse grande problema. E o evento tem uma plástica melhor, fica mais bonito. No fim das contas, foi um grande ganho trazer o evento para cá”, afirmou o prefeito. (Adilson Oliveira para o Verbo Online)

Autor: Redator Oficial Jornal Praticidade


Notice: the_author_description está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use the_author_meta('description') em seu lugar. in /home/praticidade/public_html/wp-includes/functions.php on line 3831
Jornal PratiCidade notícias diárias Taboão da serra e região Embu das Artes, Itapecerica da Serra, São Lourenço da Serra, Juquitiba, Embu-Guaçu, e São Paulo /jornalista responsável pelo site - Gilson Santos Jornalista responsável edição impressa - Gerson Brunes dos Santos Matérias não assinadas, não refletem, a opinião do site. Cópias são autorizadas, não modificando o conteúdo citar fonte.

0 Comentários

Deixe o seu comentário

Estes campos são obrigatórios *

História do jornal Praticidade, utilizar por volta de três ou quatro linhas para compor este paragráfo, para fins estéticos e de diagramação deste.

Galeria social