Jornal Praticidade - Notícias em Taboão da Serra e Região

A bela e as feras – Deputada Sheridan diz por que se irritou ao ser chamada de “gostosa” na Câmara : gesto machista e medieval

Por Prof. Franco –  Jornal PratiCidade -Taboão da Serra e Região

A deputada Shéridan Oliveira (PSDB-RR) explica a ausência na votação da denúncia contra Temer e diz por que se irritou ao ser chamada de “gostosa” na Câmara.

 Shéridan Oliveira chama a atenção na Câmara dos deputados por sua beleza. Eleita pelo estado de Roraima, ela foi a primeira mulher em 2016 a votar a favor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, [VIDEO] do Partido dos Trabalhadores (PT). Na época, Shéridan, que é considerada uma das parlamentares mais bonitas do Congresso Nacional, disse que o seu voto foi para que a esperança do povo brasileiro, então roubada, fosse resgatada.

Em abril de 2016, a senhora foi a favor do impeachment de Dilma Rousseff e disse que seu voto era “pelo resgate da esperança roubada do povo brasileiro”. Por que se ausentou da votação contra Temer? Tive um problema na conexão do meu voo. Era para eu chegar a Brasília no começo da manhã, mas cheguei na madrugada após a votação.

Na prática, sua abstenção favoreceu Temer. Sinceramente? Como parlamentar, o certo era eu estar na votação. Mas o meu voto não definiria um quadro já previsto. Os mais próximos sabem que sou a favor da continuidade de Temer. O Brasil está à beira de um colapso e sofre as consequências de treze anos de desgoverno. Acho que ele é o único nome hoje com condição de promover as reformas necessárias.

Seu partido, o PSDB, rachou na votação. Como ficará agora? Olha só, não tenho cargo no governo — nem em Brasília nem no meu estado. Sou independente. Sei que o partido ficou dividido na votação — 22 deputados votaram a favor de Temer, 21 votaram contra e quatro, incluindo eu, faltaram. Mas não defino isso como um racha. O partido tem grandes quadros e vai sobreviver.

No início da contagem de votos, a senhora foi chamada de “gostosa” por um deputado quando seu nome foi citado. O que achou disso? Foi um comportamento machista e medieval, além de constrangedor. Sou mulher e mãe de duas meninas. Foi uma delas, aliás, que me informou desse absurdo. Essa atitude resume a maior parte dos integrantes da Câmara: confundem os papéis e não estão à altura de defender o mandato. Se você desrespeita a mulher e a desqualifica, você não respeita a sociedade.

A senhora pretende reclamar? Vou tomar as devidas providências na Comissão de Ética, baseada em um artigo sobre ofensas morais nas dependências da Casa. Combater essa situação é lutar pela defesa e integridade da mulher, não só na política mas na sociedade. Não posso me calar, né?

Fonte de apoio   Revista Veja edição 2542 Agosto/2017

Autor: Redator Oficial Jornal Praticidade


Notice: the_author_description está obsoleto desde a versão 2.8.0! Use the_author_meta('description') em seu lugar. in /home/praticidade/public_html/wp-includes/functions.php on line 3831
Jornal PratiCidade notícias diárias Taboão da serra e região Embu das Artes, Itapecerica da Serra, São Lourenço da Serra, Juquitiba, Embu-Guaçu, e São Paulo /jornalista responsável pelo site - Gilson Santos Jornalista responsável edição impressa - Gerson Brunes dos Santos Matérias não assinadas, não refletem, a opinião do site. Cópias são autorizadas, não modificando o conteúdo citar fonte.

0 Comentários

Deixe o seu comentário

Estes campos são obrigatórios *

História do jornal Praticidade, utilizar por volta de três ou quatro linhas para compor este paragráfo, para fins estéticos e de diagramação deste.

Galeria social